Monday, October 16, 2006

Lisboa,vista e cantada por Sérgio Godinho


Cansados vão os corpos para casa
dos ritmos imitados de outra dança
a noite finge ser
ainda uma criança
de olhos na lua
com a sua
cegueira da razão e do desejo
.....
A noite é cega e as sombras de Lisboa
são da cidade branca a escura face
Lisboa é mãe solteira
amou como se fosse
a mais indefesa
princesa
que as trevas algum dia coroaram
.....
Não sei se dura sempre esse teu beijo
ou apenas o que resta desta noite
o vento enfim paroujá mal o vejo
por sobre o Tejo
e já tudo pode ser tudo aquilo que parece
na Lisboa que amanhece
......
O Tejo que reflecte o dia à solta
à noite é prisioneiro dos olhares
ao cais dos miradouros
vão chegando dos bares
os navegantes
amantes
das teias que o amor e o fumo tecem
.....
LISBOA QUE AMANHECE
(de "Na Vida Real") com Caetano Veloso

0 Comments:

Post a Comment

<< Home